Descrição do Projeto

A vida das pessoas infectadas pela hepatite C não é mais ameaçada apenas pelo vírus, mas também pela ganância das empresas que cobram caro pelos medicamentos que podem curar a doença em quase 100% dos casos e em apenas 12 semanas. Com a chegada da cura há quase 3 anos, o que vemos não é a superação da epidemia e sim o aprofundamento de uma crise de falta de acesso a medicamentos.

Desde 2014, quando novos medicamentos para Hepatite C chegaram ao mercado, ampliando muito as chances de cura, o GTPI tem gerado mobilização social para que o medicamento Sofosbuvir, espinha dorsal dos novos tratamentos, esteja livre. Livre para chegar a todos que precisam, livre para ser produzido por qualquer empresa, livre para ser utilizado em sistemas de saúde de forma universal e sustentável. Na galeria acima você encontra fotos de mobilizações organizadas pelo GTPI e Ongs parceiras, com demandas como redução de preços e expansão do tratamento.

Em julho de 2016, dia mundial das hepatites virais, foi lançado um manifesto da sociedade civil, leia e apoie no botão ao lado!

O GTPI também atua para barrar os pedidos de patentes imerecidas que encarecem e impossibilitam o acesso universal ao medicamento Sofosbuvir no Brasil através de argumentos técnicos encaminhados aos órgãos responsáveis por analisarem os pedidos de patente (INPI e ANVISA). Além disso, o GTPI faz apelos públicos à empresa farmacêutica GILEAD, responsável pela comercialização do Sofosbuvir, para que desista de patentear o medicamento, que foi desenvolvido com dinheiro e conhecimentos públicos.

Acesse os subsídios contra o patenteamento do Sofosbuvir nos botões ao lado!

E por favor nos ajude a deixar a cura da hepatite C ao alcance de todos compartilhando os GIFs abaixo em suas redes!

LEIA E APOIE NOSSO MANIFESTO
OPOSIÇÃO A PEDIDO DE PATENTE | 2015
OPOSIÇÃO A PEDIDO DE PATENTE | 2016